NATUREZA


 

 

 

 

 

 

 

ACTIVIDADES DA REGIÃO , EM CONTACTO COM A NATUREZA

 

   Nos últimos anos, tem-se verificado um aumento de praticantes de atividades de ar livre em Portugal. Entre as várias razões que explicam este crescimento, destacam-se a procura de atividades de lazer ou férias ativas que envolvam novas experiências, o aumento da oferta de atividades inovadoras e de ocupação de tempos livres, a diversidade de recursos naturais do nosso país, o gosto pela natureza associado a uma maior consciência ambiental e também um novo tipo de culto e proteção da saúde

   Do parapente à caminhada, passando pela Espeleologia, Escalada, Passeios de BTT e Birdwatching, Canoagem, Mergulho, Rafting, Bodyboard, Surf, Windsurf ou Canyoning, muitas são as atividades que atualmente estão ao dispor do público em geral, seja no ar, na terra ou na água

Ler Mais

    Destaca-se o Parque Nacional da Peneda Gerês com 250.000Hectares de Biodiversidade Natural protegida, inserido numa paisagem de zonas montanhosas, onde se cruzam rios, emergem nascentes, criando cursos de água, originando inumeras cascatas, beleza de cortar a respiração, ponto de encontro de milhares de Turistas á procura de aventura de natureza, amantes das fotografias, amantes dos desportos radicais, inumeros trilhos numerados para uma primeira experiência . Uma das grandes maravilhas de Portugal.

 

    Do Minho verde a Trás-os-montes, a nossa Costa Atlântica, com as suas maravilhosas Praias, as margens do Douro. Óptimos lugares para se entregar ao descanso e recarregar energias e procurar aventura em desportos radicais como o Kayak, O Rafting , a Canoagem. Fazer escaladas ou lançar-se de Paramente.

 

    Várias áreas classificadas como o Parque Nacional da Peneda Gerês, Parques Naturais do Douro Internacional de Montesinho, do Litoral Norte e Serra do Alvão, áreas de paisagem protegida da Albufeira do Azibo, Corno do Bico, Lagoas de Bertiandos e S.Pedro de Arcos, o Geoparque de Arouca, o Planalto Mirandês, as margens do Rios Minho , Lima, Cavado, Ave e Douro . Região onde vivem espécies como o Lobo Ibérico, o Veado, Aves como a Cegonha Negra, o Abutre do Egipto, o Abutre Leonardo, a Águia Real e Águia de Boneli.

 

 

PARQUE NACIONAL PENEDA GERÊS  – RESERVA DA BIOSFERA

   O Parque Nacional da Peneda-Gerês tem uma vasta paisagem montanhosa do noroeste português.

 

   O  Parque Nacional da Peneda-Gerês foi a primeira Área protegida criada em Portugal, devido à riqueza do seu património natural e cultural, sendo um dos últimos redutos do país onde se encontram ecossistemas no seu estado natural, com reduzida ou nula influência humana, integrados numa paisagem humanizada.

 

   Vasto anfiteatro esculpido por geologias, ventos e águas, o Parque Nacional estende-se do planalto de Castro Laboreiro ao da Mourela, abrangendo as serras da Peneda, do Soajo, Amarela e do Gerês.

 

   Nas zonas de altitude são visíveis os efeitos da última glaciação - circos glaciares, moreias, pequenas lagoas e vales em U.

 

   A natureza e orientação do relevo, as variações de altitude e as influências atlântica, mediterrânica e continental traduzem-se na variedade e riqueza do coberto vegetal, nomeadamente, Matos, Carvalhais e Pinhais, Bosques de Bétula ou Vidoeiro, abundante vegetação bordejando as linhas de água, campos de cultivo e pastagens.

As matas do Ramiscal, de Albergaria, do Cabril, todo o vale superior do rio Homem e a própria serra do Gerês são um tipo de paisagem que dificilmente encontra em Portugal algo de comparável.

 

   Estas serranias já foram solar do urso-pardo. O lobo Canis lupus vagueia num dos seus raros territórios de abrigo. A águia-real Aquila chrysaetos pontifica no vasto cortejo das aves. Micromamíferos vários, como a toupeira-de-água Galemys pyrenaicus, diversidade de répteis e anfíbios e uma fauna ictiológica (i.e. de peixes) que inclui a truta-do-rio Salmo trutta e o salmão enriquecem o quadro zoológico.

   O passado traduz-se nos Castelos de Castro Laboreiro e do Lindoso, monumentos megalíticos e testemunhos da ocupação romana.

 

   A Geira, o antigo caminho que conduzia os legionários de Braga a Astorga, sobrevive num trecho da antiga calçada e nos curiosos marcos miliários.

 

 

 

Para quem gosta de Natureza, não deixe de conhecer esses locais:

 

 

PARQUE NATURAL DE MONTESINHO (BRAGANÇA)

 

   O Parque Natural de Montesinho, situa-se no Alto Nordeste transmontano, abarcando a parte setentrional dos concelhos de Bragança e Vinhais, fazendo fronteira a nascente, norte e poente com Espanha.

 

 

PARQUE NATURAL DO LITORAL NORTE (ESPOSENDE)

 

   O Parque Natural do Litoral Norte, entende-se ao longo de 16 km de costa, do litoral norte, entre a foz do rio Neiva e a zona da Apúlia, em área administrada pelo município de Esposende e abrange parte das freguesias de Antas, Apúlia, Belinho, Esposende, Fão, Gandra, São Bartolomeu do Mar e Marinhas.

 

 

PARQUE NATURAL DA SERRA DO ALVÃO (VILA REAL)

 

   O Parque Natural do Alvão, situa-se na zona de transição entre o Minho e Trás-os-Montes em territórios pertencentes aos concelhos de Mondim de Basto e Vila Real. As Fisgas de Ermelo constituem uma das paisagens geomorfologicamente mais interessantes do Parque.

 

 

PARQUE NATURAL DO DOURO INTERNACIONAL (MOGADOURO)

 

   O Parque Natural do Douro Internacional, inclui os troços fronteiriços dos rio Douro e Águeda, bem como as superfícies planálticas confinantes pertencentes aos concelhos de Figueira de Castelo Rodrigo, Freixo de Espada à Cinta, Miranda do Douro e Mogadouro.

 

 

 

Paisagem protegida do Corno do Bico (Paredes de Coura)

 

Paisagem protegida das Lagoas de Berlindas e S.Pedro de Arcos (Ponte de Lima)

 

Paisagem protegida da Albufeira do Azinho (Macedo Cavaleiros)

 

Patrimonio da Humanidade - Centro Histórico de Guimarães

 

Patrimonio da Humanidade - Alto Douro Vinhateiro (Douro)

 

 

 

 

 
 
ALDEIAS RURAIS


 

   As Aldeias integradas na rede Aldeias de Portugal, como o  Sistelo, Lindoso, Cabração, Germil, Soajo, Covas, Bico, Castro Laboreiro, Vascões, Serra d'Arga (Arga de Baixo, Arga de Cima e Arga de S. João), identificam-se como Aldeias Rurais únicas, com um Património ambiental excecional de conservação, destacando a sua flora e fauna, cultura, povo e costumes. As suas aldeias estão preparadas para receber o visitante e turista, que poderá permanecer por vários dias, onde poderá desfrutar da Gastronomia local, se ligar a atividades e aos percursos pedestres sinalizados.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

ANUNCIE O SEU
ESPAÇO

Saiba como podemos encontrar os convidados perfeitos para o seu negócio.