Trofa


 

 

     O povoamento, de todo o território atualmente conhecido como concelho da Trofa, remonta a milhares de anos atrás.


     Prova disto são a mamoa encontrada próximo da Estação da Trofa, destruída entretanto, as inscrições rupestres na aldeia da Maganha ou o emblemático castro de Alvarelhos (classificado como "Monumento Nacional" desde 1910).


    A gastronomia do concelho da Trofa baseia-se essencialmente nas cuturas plantados pelos lavradores, que até hoje se mantêm, e nas atividades rurais. Sendo assim temos pratos ricos em legumes e carnes de aves, de suinos e bovinos. Dos vários pratos confecionados, destacavam-se: a feijoada que representativa a produção da casa de lavoura do norte litoral, o arroz de pica no chão, os rojões e o cabrito assado.


     Na doçaria tradicional destacavam-se as rabanadas, as sopas secas, a maçã assada, a aletria, o leite-creme e o Pão-de-Ló.

De carro:


Convergir com a A20/IC23 através da rampa para A1/Lisboa/A4/P.te Freixo/V. Real/A3/Braga;

Sair em direção a E82/Valença/Braga/A4/Valongo/V. Real;

Seguir pela saída 5 para N104 em direção a Vila do Conde/S.to Tirso/Trofa


De comboio:


A Trofa tem uma estação que foi renovada recentemente e que serve de ligação à linha do Minho.


Há comboios diretos e há outros que fazem escalas, é só escolher o que lhe for mais conveniente.

 

 

 

 

 

 

Acesso a Outras Regiões

 

 

 

ANUNCIE O SEU
ESPAÇO

Saiba como podemos encontrar os convidados perfeitos para o seu negócio.