Porto


 

 

    

     A cidade mais importante do Norte emprestou o seu nome ao famoso vinho e a Portugal. Deve conhecer os seus bairros típicos, especialmente a zona ribeirinha e a zona animada da baixa. Um vasto Património Cultural que deixa os visitantes encantados. Não deixe também de visitar as adegas de Vila Nova de Gaia e de provar o famoso Vinho do Porto

 

     Durante as décadas de 1980 e de 1990 as investigações arqueológicas realizadas nas traseiras da Sé, permitiram identificar um perfil estratigráfico  que ilustra a evolução do núcleo primitivo da cidade, concluindo-se que a sua ocupação foi quase contínua desde os finais da Idade do Bronze.


      Ao longo deste tempo, e muito particularmente nos últimos mil anos, este pequeno pedaço de território e as suas gentes tiveram um papel primordial e único na história de Portugal. Foi no Porto que surgiu o nome do país, Portus Cale, que surgiram os primeiros impulsos para as viagens dos descobrimentos, era ponto obrigatório da atividade mercantil, e onde se iniciaram as exportações do vinho do porto, célebre até aos dias de hoje.


     Para comprovar a importância desta cidade, em 1996 a Unesco conferiu à cidade o estatuto de «Cidade Património Mundial» e em 2001, juntamente com Roterdão, é aclamado como Capital Europeia da Cultura.


     Conhecida como a Cidade Invicta, ou seja, invencível, o Porto foi considerado "Melhor Destino Europeu 2014" devido às suas características únicas que atraem milhares de visitantes todos os anos. No Porto temos um conjunto de monumentos e espaços históricos para visitar, temos rio e mar onde se podem realizar diversas atividades, tal como os cruzeiros do Rio Douro, temos empresas que proporcionam atividades de lazer para todas as idades, temos animação noturna e temos uma gastronomia única e multifacetada, apreciada por portugueses e estrangeiros.

     Com acessos por via terrestre e aérea, o Porto é uma cidade de alcance bastante fácil. A via fluvial não é utilizada atualmente, embora haja passeios turísticos no Rio Douro a aproveitar a beleza da paisagem e a navegabilidade do rio.


De carro:

     Do Porto saem três autoestradas, em direção a Lisboa (A1), ao Minho (A3) e a Trás-os-Montes (A4), para além de uma importante via rápida que liga o Porto a Valença (IC1/A28).


De autocarro:

     O Porto encontra-se ligado a vários destinos na Europa por serviços regulares de autocarros. As empresas com maior número de destinos são a Rede Nacional de Expressos, e a InterNorte.


De comboio e metro:

     Existem acessos de comboio, através da CP com frequentes ligações internacionais, sobretudo para Paris. O Porto é servido por duas estações principais: Estação de Campanhã e Estação de S. Bento.


    O metro é o meio mais rápido para deslocações dentro da cidade e arredores, existindo diferentes linhas para esse efeito: a Linha A (Estádio do Dragão – Senhor de Matosinhos), a Linha B (Estádio do Dragão – Pedras Rubras), a Linha C (Estádio do Dragão – Fórum da Maia) e a Linha D (Câmara de Gaia – Pólo Universitário).


Vias aéreas:

     Por via aérea é possível chegar ao Porto a partir de qualquer parte do mundo, diretamente ou com recurso a escalas. O aeroporto que serve a cidade é o Aeroporto Francisco Sá Carneiro , que se situa a cerca de 11 km a norte do centro do Porto.

 

 

- Sé Catedral

- Torre dos Clérigos

- Casa da Música

- Palácio da Bolsa

- Museu de Serralves

- Antiga Cadeia da Relação

- Edifício do Instituto do Vinhos do Douro e Porto

- Jardim de São Lázaro

- Jardim do Passeio Alegre

- A Foz do Porto

- Caves do Vinho do Porto

- Subida do Rio Douro de Barco até as Adegas

- Caldo Verde

- Broa

- Bacalhau à Gomes de Sá

- Cabrito Assado

- Tripas à moda do Porto

- Francesinha

- Papos de Anjos

- Pão de ló

- Biscoito da Teixeira

- Vinho do Porto

 

 

 

 

 

Acesso a Outras Regiões

 

 

 

ANUNCIE O SEU
ESPAÇO

Saiba como podemos encontrar os convidados perfeitos para o seu negócio.